Cultura

Ribeira Grande é o município dos Açores com maior equilíbrio orçamental

O município da Ribeira Grande figura no sétimo lugar a nível nacional em relação aos municípios com maior equilíbrio orçamental sendo, por isso, o melhor a nível Açores, confirma o Anuário Financeiro da Ordem dos Contabilistas Certificados.

 

Para além de ocupar uma posição de relevo no todo nacional, a Ribeira Grande subiu dois lugares em comparação com o ano anterior, o que reflete o “contínuo trabalho de rigor na gestão dos dinheiros públicos”, destacou Alexandre Gaudêncio.

 

O presidente da autarquia mostrou-se “muito satisfeito” com os resultados financeiros apresentados no Anuário Financeiro da Ordem dos Contabilistas Certificados, “dados que comprovam a preocupação que sempre colocamos na melhoria das contas da Câmara da Ribeira Grande.”

 

Alexandre Gaudêncio lembrou, a propósito, que ao longo deste mandato “reduzimos em cerca de 70% a dívida consolidada da autarquia que baixou dos quase 30 milhões de euros em 2013 para 10 milhões em 2017.”

 

O Anuário Financeiro da Ordem dos Contabilistas Certificados coloca a Ribeira Grande no 47.º lugar a nível nacional em relação ao resultado líquido de 2016, com cerca de 3,3 milhões de euros de lucro e destaca igualmente a independência financeira (receitas próprias/receitas totais), figurando no quinto lugar entre os municípios da Região Autónoma dos Açores.

 

“São indicadores que nos permitem pensar que estamos no bom caminho e que este é o rumo a seguir”, frisou Alexandre Gaudêncio, satisfeito com os índices de execução da receita cobrada ao nível do IMT, o que vem comprovar a dinâmica que o concelho está a ter ao nível do setor imobiliário.

 

“Não podemos deixar passar esta oportunidade para reforçar que os dados que constam neste documento reforçam a dinâmica que o concelho está a ter ao nível do setor imobiliário e com mais pessoas a circular na Ribeira Grande”, acrescentou o edil.

 

Alexandre Gaudêncio enalteceu ainda que “a Ribeira Grande é o segundo município dos Açores que apresenta menor peso com Pessoal no total da despesa, superado apenas pelo Corvo”, vincou o autarca, o que abre a porta a novas contratações de pessoal de acordo com as necessidades mais prementes dos serviços e rejuvenescimento do quadro de pessoal.

Seja o primeiro a comentar.