Cultura

Ribeira Grande assinala Dia Internacional dos Museus

A Câmara da Ribeira Grande assinala na próxima quinta-feira, 18 de maio, o Dia Internacional dos Museus através da realização de um conjunto variado de atividades que têm o objetivo de continuar a dar a conhecer os museus do concelho à comunidade em geral e aos visitantes.

 

O programa das atividades começa às 9.00 horas, no Museu Vivo do Franciscanismo, com uma aula de pintura para idosos a cargo do artista Martim Cymbron, subordinada ao tema “São Francisco de Assis e a Natureza”. À mesma hora, mas na Casa do Arcano, terão início as visitas guiadas aos visitantes com projeção do documentário “Ribeira Grande, a vila – cidade”.

 

Às 19.30 horas, no Museu Municipal da Ribeira Grande, terá lugar a cerimónia de lançamento do livro “Vidas – Mulheres Açorianas”, momento que contará também com um sketch teatral. A encerrar o dia, às 20.00 horas, haverá storytelling “O legado franciscano na Ribeira Grande”, no Museu Vivo do Franciscanismo.

 

Para além destas atividades, o Museu da Emigração Açoriana também é ponto de paragem obrigatória para quem quiser consultar as fichas de emigração, com a particularidade de a partir desta data passarem a estar disponíveis 13311 fichas de emigrantes da Ribeira Grande e 3428 fichas de emigrante de Ponta Delgada.

 

Através de uma estreita colaboração entre as duas autarquias, o Museu da Emigração Açoriana e Arquivo Municipal Ponta Delgada, está sendo criada uma base de dados deste tipo de documento que já conta com mais de 19 mil fichas em inventário digital.

 

Até ao final do corrente ano toda esta informação deverá estar disponibilizada em pesquisa on-line, assim como informação de emigrantes de outros concelhos dos concelhos que possam surgir, com o intuito de, cada vez mais, a memória dos emigrantes esteja disponível a todas as gerações que a queiram conhecer.

Seja o primeiro a comentar.